Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Sensação by Mind Map: Sensação

1. Estímulos físicos

1.1. ondas luminosas

1.2. ondas sonoras

1.3. moléculas de alimento

1.4. moléculas de odor

1.5. variação de pressão

1.6. variação de temperatura

2. Detecção de estímulos físicos pelos receptores sensoriais e transmissão dessa informação ao cérebro através de sinais neurais.

3. Não envolve a interpretação daquilo que experimentamos.

4. orgão sensorial

5. A sensação e a percepção estão integradas na experiência, assim como a experiência guia a sensação e a percepção.

5.1. O processo da informação sensorial é uma via de mão dupla

5.1.1. Processo de baixo para cima: características físicas do estímulo.

5.1.1.1. ex: cheiro, cor, sabor

5.1.2. Processo de cima para baixo: o contexto afeta a percepção. Aquilo que esperamos ver ( nível superior ) influencia aquilo que percebemos ( nível inferior )

5.1.2.1. ex: V0C3 N40 T3M D1F1CULD4D3 P4R4 L3R 1SS0

6. Percepção

6.1. Processamento, organização e interpretação dos sinais sensoriais, levando a uma representação interna do estímulo.

6.2. A construção de informação útil e significativa sobre uma sensação em particular.

6.3. Resulta em nossa experiência consciente de mundo.

7. transdução

8. Informação qualitativa: consiste nas qualidades mais básicas do estímulo.

8.1. As diferenças qualitativas podem ser identificadas porque os diferentes receptores sensoriais respondem a estímulos qualitativamente diferentes

8.2. ex: diferença entre doce e salgado

9. Informação quantitativa: consiste no grau, na magnitude ou na intensidade do estímulo.

9.1. As diferenças quantitativas entre os estímulos são codificadas pela taxa de disparos de um neurônio em particular.

9.2. ex: o volume do som do rádio.

10. Limiares absoluto: é a intensidade mínima de estimulação que deve ocorrer para experimentarmos uma sensação

10.1. Intensidade que uma pessoa detectaria com maior frequência que ao acaso

10.2. ex: no silêncio, ouvir o tic tac de um relógio na cozinha.

11. Limiar de diferença: é a menor diferença perceptível entre dois estímulos.

11.1. Quantidade mínima de alteração requerida para uma pessoa detectar uma diferença.

11.2. ex: peso.

12. Lei de Weber: estabelece que a diferença imediatamente perceptível é baseada na proporção do estímulo original e não em uma quantidade fixa de diferença.

13. Teoria da detecção de sinal (TDS) : a detecção de um estímulo não é um processo objetivo, mas sim de uma decisão subjetiva com dois componentes.

14. Adaptação sensorial: é a diminuição da sensibilidade a um nível constante de estímulo.

14.1. ex: sentir as roupas no corpo durante o dia