Industrialização mundial e brasileira

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Industrialização mundial e brasileira by Mind Map: Industrialização mundial e brasileira

1. Países em via de desenvolvimento trata-se de países ainda economicamente atrasados, embora não devam ser confundidos com os países do chamado Terceiro Mundo.

2. Terceira Revolução Industrial ou Revolução Informacional

2.1. A Terceira Revolução Industrial ganhou destaque a partir dos avanços tecnológicos e científicos na indústria, mas também abrange progressos na agricultura, na pecuária, no comércio e na prestação de serviços.

2.1.1. Nesse contexto então surgem os tecnopolos: um centro tecnológico, onde estão reunidas diversas atividades de pesquisa e desenvolvimento, em várias áreas da alta tecnologia.

2.1.1.1. Hoje em dia, existem milhares de tecnopolos espalhados pelo mundo, principalmente nos países desenvolvidos e em vias de desenvolvimento

2.2. Principais características:

2.2.1. terceirização da economia e expansão das empresas multinacionais.

2.2.2. uso de tecnologia e do sistema informático na produção industrial

2.3. países que têm alto nível de desenvolvimento econômico e social

3. Segunda Revolução Industrial

3.1. Utilização do petróleo como combustível nas máquinas

3.2. Aperfeiçoamento das máquinas e aumento da produção

3.2.1. Com isso surge a necessidade das fabricas se localizarem em locais com maiores recursos para elas

3.2.1.1. Onde ha o maior acumulo de fábricas o termo é chamado de concentração industrial, também conhecido como economia de aglomeração

3.2.1.2. Nas áreas de menor interesse das fabricas (onde se localizam menos) é chamado de desconcentração industrial

3.3. Expansão da industrialização para países como: Estados Unidos,Alemanha,França, Reino Unido,Itália,Japão e Canadá

3.3.1. Sete nações mais industrializadas do mundo conhecidos como G-7(Embora não tão industrializada a Rússia integra o grupo e se torna o G-8).

3.3.2. Brasil,México,Argentina e os Tigres Asiáticos (Coreia do Sul, Cingapura e Hong Kong) industrializaram-se no século XX ou seja industrialização tardia ou retardatária

3.3.2.1. Brasil, México e Argentina utilizaram o modelo de substituição de importações(um processo que leva ao aumento da produção interna de um país e a diminuição das suas importações).

3.3.2.2. Outros países como os tigres asiáticos industrializaram-se no modelo de plataforma de exportações, empresas transnacionais se instalam em um país e exportam seus produção a outros, onde o produto final é montado.

4. Primeira Revolução Industrial

4.1. iniciada na Inglaterra,no século XVI

4.2. mudança do processo de produção

4.3. Utlização de maquinas e divisão do trabalho

5. Colégio militar de Brasília Aluno: Kaio Augusto Barros Gomes Nº: 20436 Turma: 201 Professor: Cap. Martiniano

6. países desenvolvidos são os que possuem alto nível de desenvolvimento econômico e social.

7. Quarta Revolução Industrial

7.1. A revolução informacional – ou terceira revolução industrial – trouxe eletrônicos, tecnologia da informação e das telecomunicações. Utilizando estas tecnologias como fundação, a indústria 4.0 tende a ser totalmente automatizada a partir de sistemas que combinam máquinas com processos digitais. É a chamada “fábrica inteligente”.

8. Industria no Brasil

8.1. A produção de café impulsionou a economia gerando capital

8.2. Sempre teve uma dependência externa em relação a capital e tecnologia por isso teve uma industrialização tardia

8.3. As primeiras fabricas eram de pequeno porte como: bens de consumo,bebidas e alimentos

9. Vargas:

9.1. Provisório, industrias de base, siderúrgicas,energia/transp.

9.2. Petrobrás e Vale do rio Doce

10. Jucelino K.

10.1. Desnacionalizador, capitais externo, rodovias, plano de metas e industrias de bens de consumo

10.2. montadoras e alimentação

11. Militares

11.1. Milagre econômico,grandes obras, capital externo, dívida externa, concentração de renda

11.2. Usina de Itaipu e ponte do Rio Niterói

12. Anos 90

12.1. Collor e FHC

12.2. Neoliberalismo, privatizações, plano real, telecomunicação

12.3. Estradas, portos, bancos, fontes de energia

13. Períodos