modulo de ingeção eletrônoca

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
modulo de ingeção eletrônoca by Mind Map: modulo de ingeção eletrônoca

1. Injetor

1.1. Também chamado de válvula injetora de combustível, o bico injetor é responsável por pulverizar o combustível de maneira estequiométrica na câmara de combustão. Isso é feito através de pulsos elétricos comandados pelo módulo de injeção (ECU)

2. Bomba Combustivel

2.1. A bomba de combustível é o componente do sistema de injeção eletrônica do carro. Ela é responsável por bombear gasolina do tanque de combustível para o motor do carro. Quem usa composição há um motor elétrico, um conjunto de alta pressão e um filtro

3. sensores

3.1. CKP

3.1.1. O sensor de rotação tem a finalidade de enviar ao módulo de injeção um sinal elétrico que possibilita a sincronização do sistema: tempo de injeção, avanço de ignição, ponto morto superior do motor, etc.

3.2. Este sensor consiste de um imã permanente com uma bobina captora enrolada sobre ele. Toda vez que um dente da roda passa na frente do sensor magnético, a relutância do circuito magnético diminui; quando nenhum dente está na frente, a relutância aumenta.

3.3. 🧲CMP

3.4. 🦋TPS

3.5. ETC

3.5.1. O sensor de temperatura de agua está localizado no sistema de arrefecimento, é capaz de perceber a variação de temperatura de agua e informar central de injeção essa variação sob forma de um sinal elétrico.

3.5.1.1. O Sensor de Posição da Borboleta (TPS) tem a função de determinar a posição angular do eixo de um componente mecânico ou a posição linear da haste de uma válvula. A posição angular é detectada por um potenciômetro circular e a posição linear, por um potenciômetro linear.

3.6. 🌡️CHT

3.6.1. O Sensor CHT é um novo sensor MTE-THOMSON que mede a temperatura do cabeçote do motor e não a do líquido de arrefecimento. Com essa informação a ECU monitora a temperatura de combustão melhorando o desempenho e a durabilidade do motor.

3.7. IAT

3.7.1. O sensor IAT é um termistor, o que significa que, a uma temperatura específica, terá uma determinada resistência em um dos seus terminais. Como essa resistência varia, então a tensão fornecida ao terminal "14" será variável também entre 0 e 5volts.

3.8. 📏🔋MAP

3.8.1. O Sensor MAP tem a função de informar à unidade de comando a pressão absoluta presente no coletor de admissão. A pressão do coletor é uma medida da carga do motor. Esta informação é utilizada no cálculo da massa de ar admitida e no cálculo do avanço do ponto de ignição.

3.9. 🌪️MAF

3.9.1. O Sensor de Fluxo de Ar MAF informa diretamente à unidade de comando a massa de ar que está sendo admitida pelo motor, fornecendo um sinal de tensão variável, cujo valor depende da massa de ar que o atravessa

3.10. 📳knock Sensor (detonação)

3.10.1. A função do Sensor de Detonação (basicamente um sensor de vibração) ele faz a leitura das vibrações mecânicas do motor em oscilações elétricas capazes de serem interpretadas pela unidade de comando. A análise, através de cálculos matemáticos complexos, permite detectar a presença de detonação

3.11. 🔥ECT

3.11.1. Esse sensor é um dos principais componentes do sistema de arrefecimento de um veículo. Sua função é analisar a temperatura do motor e do fluido em circulação durante o seu funcionamento e transmitir essa informação para o módulo de controle eletrônico do veículo

3.12. 02 Sesor

3.12.1. Esse sensor serve para coletar informações sobre a queima de combustível e enviar ao ECM do motor. funcionar se houver oxigênio, combustível e calor (combustão ou queima é uma reação exotérmica, ou seja, ocorre de dentro para fora).

4. atuadores

4.1. IACV (Atuador de marcha lenta)

4.1.1. Ele é responsável por garantir a rotação mínima do motor em fase de marcha lenta, isto é, sem acelerar. Também conhecido como sensor de marcha lenta, é ele que recebe os sinais de comando de fluxo do ar e combustível para que haja o total funcionamento do motor sem o uso do pedal do acelerador

4.2. EGR

4.2.1. Este sistema permite que uma parte dos gases de escape seja recirculada para o circuito de admissão, para que sejam combinados com a mistura e ajudem a baixar a temperatura de combustão.

4.3. Bobina de ignição

4.3.1. Sua função é gerar a alta tensão necessária à formação da centelha; A bobina recebe um valor de tensão de 12V da bateria em seu rolamento primário e o transforma em alta tensão, que pode variar entre 8.000 volts (8 Kv) e 40.000 volts (40 Kv), aproximadamente, dependendo da bobina utilizada; Essa tensão é transferida ...