Get Started. It's Free
or sign up with your email address
HISTOLOGIA: TECIDOS by Mind Map: HISTOLOGIA: TECIDOS

1. TECIDO ADIPOSO

1.1. Características

1.1.1. Vasculares (septos de T.C.F.)

1.1.2. Células isoladas ou agregadas

1.1.3. Maior depósito de energia

1.1.4. Triglicerídeos

1.1.5. Presença de lâmina basal

1.2. Funções

1.2.1. Papel energético

1.2.2. Modela superfície do corpo

1.2.3. Forma coxins absorventes de choques

1.2.4. Favorece o isolamento térmico do organismo

1.2.5. Auxílio na manutenção da posição de alguns órgãos

1.3. Tipos

1.3.1. Unilocular: Células grandes. Uma gotícula de triglicerídeo ocupa o citoplasma. Tipo mais abundante nos animais.

1.3.2. Multilocular: Células menores. Várias gotículas de triglicerídeo ocupam o citoplasma. Maior número de mitocôndrias.

2. TECIDO CARTILAGINOSO

2.1. Características

2.1.1. Avascular

2.1.2. Presença de lacunas

2.1.3. Nutrido e inervado pelos capilares e nervos do pericôndrio

2.2. Funções

2.2.1. Suporte para tecidos moles

2.2.2. Revestimento de superfícies articulares: absorver impactos

2.2.3. Facilitar o deslizamento dos ossos nas articulações

2.2.4. Essencial para formação dos ósseos longos na vida intra-uterina

2.3. Tipos

2.3.1. Cartilagem hialina: Fibras colágenas tipo II. Parede das fossas nasais, traqueias e brônquios. Extremidade ventral das costelas. Recobre a superfície dos ossos longos.

2.3.2. Cartilagem elástica: Fibras elásticas e fibras colágenas do tipo II. Pavilhão auditivo e conduto auditivo externo. Epiglote, laringe.

2.3.3. Cartilagem fibrosa ou fibrocartilagem: Fibras de colágeno tipo I, e condrócitos alinhados. Discos intervertebrais de todos os animais.

3. TECIDO CONJUNTIVO

3.1. Características

3.1.1. Vasculares

3.1.2. Ausência de junções intercelulares

3.1.3. Ausência de organização das celulas

3.1.4. Amplamente distribuído no corpo

3.1.5. Presença de matriz extracelular

3.2. Funções

3.2.1. Responsável pela manutenção da forma do corpo

3.2.2. Preenchimento e sustentação em órgãos

3.3. Tipos

3.3.1. Básicos

3.3.1.1. Propriamente dito: frouxo e denso

3.3.1.2. Elástico

3.3.1.3. Reticular

3.3.1.4. Mucoso

3.3.2. Especializados: Tecido Adiposo e Tecido Cartilaginoso

4. TECIDO ÓSSEO

4.1. Características

4.1.1. Vascularizado

4.1.2. Presença de revestimento interno e externo - periósteo e endósteo

4.1.3. Matriz é divida em orgânica e inôrganica

4.2. Funções

4.2.1. Suporte para tecidos moles e músculos

4.2.2. Proteção de órgãos vitais

4.2.3. Aloja e protege a medula óssea

4.2.4. Depósito de minerais

4.2.5. Absorção de toxinas e metais pesados

4.3. Tipos

4.3.1. Tecido ósseo imaturo, primário ou não-lamelar. Composto por matriz orgânica desorganizada e menor deposição de íons

4.3.2. Tecido ósseo maduro, secundário ou lamelar. Organização das fibras de forma concêntrica, deposição maior de íons e presença de canais que revestem vasos sanguíneos e nervos

5. TECIDO NERVOSO

5.1. Características

5.1.1. Organização na forma de rede

5.2. Funções

5.2.1. Detectar e transmitir informações geradas pelos estímulos sensoriais (calor, Luz...)

5.2.2. Organizar e coordenar o funcionamento das funções do organismo (motoras, viscerais e endócrinas)

5.3. Organização

5.3.1. Sistema Nervoso Central

5.3.1.1. Cérebro: Revestido pelas meninges e células ependimárias;

5.3.1.2. Cerebelo: Substância cinzenta organizada em 3 (três) camadas

5.3.1.3. Medula Espinhal: Canal medular que aloja o LCR e revestido pelas células ependimárias (ciliadas)

5.3.1.4. Meninges: dura máter, aracnoide e pia máter

5.3.2. Sistema Nervoso Periférico

5.3.2.1. Gânglios nervosos: corpos celulares, células da glia, prolongamentos e cápsula

5.3.2.2. Nervos: feixes de fibras nervosas, células da glia, e revestimentos

5.3.2.3. Terminações nervosas

6. TECIDO MUSCULAR

6.1. Características

6.1.1. Altamente vascularizado e inervado

6.1.2. Células alongados com filamentos citoplasmáticos de proteínas contráteis

6.2. Funções

6.2.1. Realizar contração envolvida no movimento do corpo em conjunto ao tecido ósseo que compõe o esqueleto

6.2.2. Movimento peristáltico dos órgãos do trato digestório, batimento cardíaco

6.3. Tipos

6.3.1. Muscular estriado esquelético: ligada ao esqueleto. Células ou fibras musculares cilíndricas, longas. Multinucleadas e núcleos periféricos. Com estrias. Apresenta três tipos de revestimentos. Contração rápida, vigorosa, e controle voluntária.

6.3.2. Muscular estriado cardíaco: coração (miocárdio). Células ou miócitos de tamanho médio. Ramificadas. Com um ou dois núcleos. Estrias e disco intercalar. Revestimentos: endomísio e perimísio. Contração: involuntária, vigorosa e rítmica.

6.3.3. Muscular liso: órgãos, exceto coração. Células fusiformes com um núcleo. Sem ramificações. Sem estrias. Com proteínas contráteis. Contração lente e involuntária.

7. TECIDO EPITELIAL

7.1. Características

7.1.1. Avascular

7.1.2. Depende da Lâmina própria

7.1.3. Junções Intercelulares

7.1.4. Justa posição celular

7.1.5. Presença da membrana basal

7.2. Funções

7.2.1. Revestimento

7.2.2. Secreção

7.3. Tipos

7.3.1. Epitélio de revestimento

7.3.1.1. Pode ser classificado pelo número de camadas e pela morfologia celular

7.3.2. Epitélio glandular

7.3.2.1. Endócrinas: secretam hormônios; próximos a vasos sanguíneos; ausência de ductos e não mantém ligação com epitélio de formação.

7.3.2.2. Exócrinas: secretam secreções variadas em cavidades ou superfícies da pele; presença de ductos e mantém a ligação com o epitélio de formação.

7.3.2.3. Mistas: quando contém os dois tipos na mesma glândula.