Sistema Imunológico

Kom i gang. Det er Gratis
eller tilmeld med din email adresse
Sistema Imunológico af Mind Map: Sistema Imunológico

1. -

2. -

3. -

4. -

5. Tecidos linfóides: são denominados linfócitos. Agem quando organismo é invadido por antígenos.

5.1. Órgãos primários: medula óssea e timo.

5.1.1. Na medula óssea é produzida o linfócito B e células do tecido sanguíneo.

5.1.1.1. -

5.1.1.2. Timo: apresenta dois lobos localizados no tórax, esse é o local de maturação e desenvolvimento do linfócito T.

5.1.1.2.1. Depois de sua diferenciação migram para a corrente sanguínea e vão para os órgãos secundários ou periféricos.

5.2. -

5.3. Órgãos secundários desencadeiam a resposta imune adaptada por conter grande concentração de antígenos.

5.3.1. Órgãos secundários: linfonodos, baço, tecido linfoide associado a mucosas.

5.3.1.1. -

5.3.1.2. Os linfonodos são encontrados em várias áreas do corpo. Armazenam linfócitos que combatem os microorganismo que causam infecções

5.3.1.3. O baço é outro órgão linfoide, sua função é filtrar o sangue contra antígenos e faz a destruição de hemácias.

5.3.1.3.1. Apresentam células macrófagas que realizam destruição dos invasores através da fagocitose.

5.3.1.4. O tecido linfóide associado as mucosas (MALT): está localizado em várias regiões de mucosa e é formada pela microestrutura chamada de placa de Peyer.

6. Quando os neutrófilos e os macrófagos encontram um antígeno ou microrganismo, ligam-se por meio de receptores, englobando esses agentes, processo chamado de fagocitose.

7. Imunidade adquirida

7.1. Imunidade humoral: gera uma resposta medida por moléculas de segue.

7.1.1. Anticorpos

7.1.1.1. -

7.1.1.2. Linfócitos B: Principal mecanismo de defesa contra microorganismo extracelulares e suas toxinas.

7.1.1.3. Linfócitos T: promovem a destruição do microorganismo ou a morte das células infectadas para eliminar a infecção.

7.2. Imunidade ativa: induzida pela exposição do antígeno.

7.3. Imunidade ativa: induzida pela exposição do antígeno.

7.4. Imunidade Passiva: adquirida por meio de vacinas.

8. Imunidade inata: primeira linha de defesa do organismo.

8.1. Barreiras físicas e mecânicas: pele, trato respiratório, membranas, fluidos corporais, tosse e espirros.

8.2. Barreira celular: elimina microorganismo estranhos através da fagocitose (linfócitos e leucócitos fagociticos - neutrófilos, monólitos e macrófagos

8.3. Barreiras fisiológica: Lisozima e fosfolipase. Inibem o crescimento de microrganismos patogênicos devido a temperatura corporal e acidez gastrointestinal.

8.4. Barreira inflamatória: reações a infecções com danos teciduais, induzem células fagocitarias para área afetada.

8.5. -

9. Os neutrófilos e os macrófagos possuem receptores para recolher os antígenos e micro-organismos.

9.1. -

9.2. -

9.3. As células NK também possuem esses receptores, mas não reconhecem as células com alterações (tumorais) ou com infecções virais

9.3.1. -

9.3.2. As células NK possuem grânulos que auxiliam na destruição das células alvos e facilitam a entrada de proteínas que vão induzir a apoptose das células alvos.

10. -

11. Inflamação aguda: ocorre quando os agentes agressores ultrapassam as barreiras naturais e invadem tecidos.

11.1. Os sintomas cardeais da inflamação são: calor, rubor, edema, dor e perda da função.

12. Células tronco hematopoiéticas: são pluripotentes e dão origem as células: megacariocitica, monocítica e linfocitica, sendo a última a responsável pela formação dos linfócitos B e células Neurais Killers (NK).

12.1. Célula Neural Killers (NK): sofre maturação na medula óssea, enquanto os linfócitos migram ainda imaturos para o timo onde sofrem maturação e se transformam em linfócitos T.