Carboxiterapia

Lancez-Vous. C'est gratuit
ou s'inscrire avec votre adresse e-mail
Carboxiterapia par Mind Map: Carboxiterapia

1. Características do gás: O CO2 é um gás inodoro, incolor, e atóxico. É o produto endógeno natural do metabolismo e é eliminado pelos pulmões durante a respiração

2. Efeitos fisiológicos do gás no tecido

3. Estimulo circulatório sanguíneo O CO2 atua na microcirculação vascular do tecido conjuntivo, promovendo vasodilatação, aumento da drenagem veno-linfática e melhora do fluxo sanguíneo

4. Efeito Bohr É a tendência da hemoglobina a perder afinidade pelo oxigênio em ambientes mais ácidos

5. Ação bioquímica Infusão do gás -- ativação de barorreceptores -- liberação de substâncias alógenas -- ativação da adenilciclase -- aumento do AMPc tissular -- quebra dos triglicérides

6. Carbolipólise O aumento do AMPc por meio da ação do CO2 resulta numa ação lítica sobre o tecido adiposo.

7. Ação no tecido conjuntivo Ocorre aumento da espessura da derme e promove o rearranjo das fibras colágenas

8. Ação mecânica da agulha e do gás Trauma pós entrada da agulha -- entrada do gás -- processo inflamatório -- migração de fibroblastos -- proliferação e síntese de colágeno

9. Indicação e ação em cada desordem

10. Gordura localizada: ocorre estímulo a´lipólise ou rompimento da membrana do adipócito. É feita no plano hipodérmico com fluxo alto.

11. Estrias: ocorre lesão, inflamação e produção de colágeno para disfarçar a estria. É feita em plano mesodérmico com fluxo baixo

12. Flacidez cutânea: corre lesão, inflamação e produção de colágeno. É feita em multiplanos (mesoepidérmica e dérmica) e com fluxo baixo

13. Rugas: através do lifting promove-se rejuvenescimento facial. É feita em multiplanos (mesoepidérmica e dérmica) para melhores resultados

14. Alopécia: ocorre aumento da trama vascular. Ocorre trauma -- inflamação -- liberação do fator de crescimento endotelial vascular-- produção de novos vasos-- oxigenação do couro cabeludo. A carboxi é feita junto com o microagulhamento, com fluxo baixo.

15. Contra-indicações Infarto agudo do miocárdio, angina instável, insuficiência cardíaca, hipertensão arterial, tromboflebite aguda, gangrena, infecções localizadas, epilepsia, insuficiência respiratória, insuficiência renal, gravidez, distúrbios psiquiátricos.

16. Planos de aplicação: Mesoepidérmico (ponta da agulha); Dérmico (metade da agulha); Hipodérmico (agulha toda)

17. Fluxo: 20 a 80 mL/min até 150 mL/min. Volume ideal: 2000 mL; para grandes depósitos de gordura: 3000 mL

18. Autor: Ana Carmen Engel Johann