KARL MARX (1818 - 1883)

시작하기. 무료입니다
또는 회원 가입 e메일 주소
KARL MARX (1818 - 1883) 저자: Mind Map: KARL MARX (1818 - 1883)

1. PROCURANDO ANALISAR QUESTÕES SOCIAIS, SE ALINHA COM OS "HEGELIANOS DE ESQUERDA"

2. DOUTOROU-SE EM FILOSOFIA EM 1841 COM A TESE "A DIFERENÇA ENTRE A FILOSOFIA DA NATUREZA DE DEMÓCRITO E A DE EPICURO"

2.1. NÃO CONSEGUIU SER NOMEADO PARA LECIONAR NA UNIVERSIDADE POR MOTIVOS POLÍTICOS, POIS NÃO SE ACEITAVA MESTRES QUE SEGUIAM AS IDEIAS DE HEGEL

2.2. COM A RECUSA, MARX PASSA A ESCREVER ARTIGOS PARA OS ANAIS ALEMÃES, MAS A CENSURA IMPEDE QUE O CONTEÚDO SEJA PUBLICADO

3. ASSUME A DIREÇÃO DO JORNAL "GAZETA RENANA", MAS LOGO APÓS A PUBLICAÇÃO DO ARTIGO SOBRE O ABSOLUTISMO RUSSO, O LOCAL É FECHADO PELO GOVERNO

4. MUDA-SE PARA PARIS E FUNDA A REVISTA "ANAIS FRANCO-ALEMÃS", ONDE PUBLICA "INTRODUÇÃO À CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL" E "SOBRE A QUESTÃO JUDAICA"

4.1. AINDA EM PARIS, COMEÇA A ESCREVER PARA O "VORNAERTS", CONTUDO, AS OPINIÕES NOVAMENTE DESAGRADAM O GOVERNO E, COM ISSO, É OBRIGADO A SAIR DA FRANÇA, MUDANDO-SE PARA A BÉLGICA

5. DEDICA-SE A ESCREVER TESES SOBRE O SOCIALISMO E MANTÉM CONTATO COM O MOVIMENTO OPERÁRIO EUROPEU

6. FUNDOU A "SOCIEDADE DOS TRABALHADORES ALEMÃES"

7. JUNTO À ENGELS ADQUIRE UM SEMANÁRIO E SE INTEGRA À "LIGA DOS JUSTOS", ENTIDADE SECRETA DE OPERÁRIOS ALEMÃES, COM FILIAIS POR TODA A EUROPA

8. EM 21 DE FEVEREIRO DE 1848 ESCREVE O "MANIFESTO COMUNISTA", ONDE ESBOÇA SUAS PRINCIPAIS IDEIAS COM A LUTA DE CLASSE E O MATERIALISMO HISTÓRICO

8.1. CRITICA FORTEMENTE O CAPITALISMO, EXPÕE A HISTÓRIA DO MOVIMENTO OPERÁRIO E TERMINA COM UM APELO PELA UNIÃO DOS OPERÁRIOS DE TODO O MUNDO

8.2. POUCO TEMPO DEPOIS, MARX E SUA ESPOSA SÃO PRESOS E EXPULSOS DA BÉLGICA, PASSANDO A MORAR EM LONDRES

9. EM 1864, APESAR DA CRISE, FUNDA A "ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES"

10. EM 1867, COM A AJUDA DE ENGELS, PUBLICA O PRIMEIRO VOLUME DE SUA OBRA MAIS IMPORTANTE, "O CAPITAL", EM QUE SINTETIZA SUAS CRÍTICAS À ECONOMIA CAPITALISTA

10.1. EXPÕE QUE A ECONOMIA CAPITALISTA ESTÁ BASEADA NA EXPLORAÇÃO DO TRABALHADOR ASSALARIADO, QUE PRODUZ UM EXCEDENTE QUE ACABA POR FICAR COM O CAPITALISTA

10.2. DIZ QUE O EXCEDENTE PRODUZIDO DEVERIA VOLTAR PARA O TRABALHADOR, NA FORMA DE SALÁRIO, NUMA PORCENTAGEM DO VALOR EQUIVALENTE AO QUE FOI PRODUZIDO, A OUTRA PARTE FICANDO PARA O DONO DOS MEIOS DE PRODUÇÃO

10.2.1. TEM-SE, ENTÃO, O CONCEITO DE "MAIS-VALIA"