AVALIAÇÃO EMANCIPATÓRIA

Laten we beginnen. Het is Gratis
of registreren met je e-mailadres
AVALIAÇÃO EMANCIPATÓRIA Door Mind Map: AVALIAÇÃO EMANCIPATÓRIA

1. Natureza da Avaliação

1.1. Processo de análise crítica de uma realidade visando sua transformação

2. Enfoque

2.1. Qualitativo

2.2. Praxiológico

3. Vertente

3.1. Político Pedagógica

4. Objetivos

4.1. "Iluminar" o caminho da transformação

4.2. Beneficiar audiências em termos de torná-las autodeterminadas

5. Pressuposto metodológico

5.1. Antidogmatismo

5.2. Autenticidade e compromisso

5.3. Direito a informação

5.4. Ritmo e equilíbrio da ação pedagógica

6. Alvos da Avaliação

6.1. Programas Educacionais ou Sociais

7. Momentos da avaliação

7.1. Descrição da realidade

7.2. Crítica da Realdade

7.3. Criação Coletiva

8. Procedimentos

8.1. Dialógico

8.2. Participante

8.3. Utilização de técnicas do tipo: entrevistas livres e debates

9. Tipos de dados

9.1. Predominantemente qualitativos

9.2. Utilizam-se também dados quantitativos

10. Papel do avaliador

10.1. Coordenar e avaliar o trabalho avaliativo

10.2. O avaliador, preferentemente, pertence a equipe que planeja e desenvolve o programa

11. Requisitos do avaliador

11.1. Experiência em pesquisa e avaliação

11.2. Habilidade de relacionamento interpessoal

12. Interesse

12.1. Emancipador, ou seja, libertador; visa provocar a crítica libertando o sujeito de condicionamentos determinados

13. Conceitos Básicos

13.1. Emancipação, decisão democrática, transformação e crítica educativa

14. Mapa Conceitual elaborado por Iara Frederico, Rafael Battani, Tatiane Costa e Tiliana Zara, tendo como referência: Saul, Ana Maria. Avaliação Emancipatória: desafio à teoria e prática de avaliação e reformulação de currículo. 8a ed.São Paulo: Cortez, 2010.