Construção e sistematização histórica da Educação Física

Laten we beginnen. Het is Gratis
of registreren met je e-mailadres
Construção e sistematização histórica da Educação Física Door Mind Map: Construção e sistematização  histórica da Educação Física

1. Mundo

1.1. Período Pré-Histórico

1.1.1. Natural e útil para caçar, além de ser recreativo

1.2. Antiguidade

1.2.1. Oriente

1.2.1.1. Aspectos médicos e morais

1.2.1.2. China

1.2.1.2.1. Preceitos morais, higiênicos e religiosos

1.2.1.2.2. Arco e flecha; Luta; Esgrima; Caças e Danças religiosas

1.2.1.3. Índia

1.2.1.3.1. Destaque na escola, família e templos

1.2.1.3.2. Preceitos morais, higiênicos e religiosos

1.2.1.3.3. Ginástica; Exercícios respiratórios; Massagens; Hidroterapia; Luas; Corridas; Natação; Dança; Esgrima e Lançamentos.

1.2.1.4. Egito

1.2.1.4.1. "Vida, saúde, força."

1.2.1.4.2. Majestade e beleza

1.2.1.4.3. Luta livre; Boxe; Esgrima; Caça; Natação; Remo; Danças e Corridas de velocidade e resistência

1.3. Período Clássico

1.3.1. Grécia

1.3.1.1. Culto ao corpo

1.3.1.2. Relação com religião

1.3.1.3. Atenas e Esparta

1.3.1.4. Preocupação em se considerarem sadios e envelhecerem lentamente

1.4. Idade Média

1.4.1. Educação física inexpressiva

1.4.2. Preparação militar (Cruzadas)

1.4.3. Clero > Nobreza > Servos

1.4.4. Justas e torneios

1.4.5. Luta; Natação; Arremessos; Levantamento de peso; Boas maneiras; Conhecimentos de leis e exercício das práticas religiosas

1.5. Renascimento

1.5.1. Arte, cultura e ciência

1.5.2. Mercantilismo

1.6. Iluminismo

1.6.1. Educação física como requisito fundamental na infância

1.6.2. Ideia de que é necessário cultivar o físico para ser forte espiritualmente e ter um bom desenvolvimento mental

1.7. Idade Contemporânea

1.7.1. Amadurecimento da educação física

1.7.2. Formação de professores de ginástica e, consequentemente, sistematização da ginástica

1.7.3. Qualidades morais e culturais

1.7.3.1. Exercícios tornam-se populares em todo continente

1.7.4. Objetivo de estimular interesse pela educação física e esportes em geral, contribuindo para a saúde da humanidade

2. Brasil

2.1. Educação física como remédio para a sociedade

2.2. Inserção das ginásticas nos programas escolares como matéria de estudo

2.3. Discurso higienista

2.4. Corpo produtivo, dócil, disciplinado, útil e obediente

2.5. Equiparação dos professores de ginásticas aos de todas as outras disciplinas

3. Tendências e Concepções da Educação Física

3.1. Higienista

3.1.1. Bastante influenciada pela medicina

3.1.2. Relação aluno-professor = paciente-médico

3.1.3. Os mais fracos e doentes eram excluídos das aulas e não havia nenhuma interação com as questões pedagógicas da escola

3.1.4. A higiene do corpo e da alma são inseparáveis

3.2. Popular

3.2.1. Saúde vai além do biológico, incluindo o social, o cultural e o econômicos

3.2.2. Inclusão, participação, cooperação, afetividade, lazer e qualidade de vida passam a ser debatidos

3.2.3. Engloba diversos assuntos como o sedentarismo, as doenças sexualmente transmissíveis, o combate às drogas e os primeiros socorros

3.3. Militarista

3.3.1. Intuito de preparar jovens para possíveis guerras

3.3.2. Relação aluno-professor = recruta-sargento

3.3.3. As aulas passam a ser ministradas, em sua maioria, por militares

3.3.4. Polichinelo, abdominal, flexão de braço, corridas, defesa pessoal e instruções militares

3.3.5. Influência bélica

3.3.6. O culto ao belo e a exclusão dos ditos inferiores passaram a ser frequentes nas sessões de Educação Física

3.4. Pedagogicista

3.4.1. A educação física passa a se integrar pela primeira vez nas questões pedagógicas na escola

3.4.2. Ponto negativo: inicio do culto ao corpo de forma consumista

3.4.3. Preparação de alunos para festas, torneios, desfiles

3.5. Competivista

3.5.1. Política do pão e circo

3.5.2. Incentivo de esportes para que a população esquecesse da politica

3.5.3. Educação física passa a ser sinônimo de esportes

3.5.4. Exclusão daqueles que não possuem habilidades, a competição passa a ser o objetivo do processo

3.5.5. Relação aluno-professor = técnico-atleta