Tolerância

Tolerância, religião e filosofia

Laten we beginnen. Het is Gratis
of registreren met je e-mailadres
Tolerância Door Mind Map: Tolerância

1. SENTIDOS

1.1. TEOLÓGICO

1.1.1. Indulgência desde que não viole a religião.

1.2. POLÍTICO

1.2.1. Respeitos aos enunciados e práticas políticas, desde que estejam na ordem aceita pela sociedade.

1.3. SOCIAL

1.3.1. Compreensão das opiniões contrárias, afim de uma boa convivência social.

2. SANTO TOMÁS DE AQUINO

2.1. Permitir X autorizar

2.1.1. Permitir: tolerar a existência de males

2.1.2. Autorizar: não significa dizer que os males não existem

3. JOHN LOCKE

3.1. Igreja x Estado

3.1.1. Espaço público x privado

3.1.1.1. publico: válido para todos os cidadãos. ex: Igreja, desde que não obrigue ninguém a seguí-la.

3.1.1.2. privado: para haver tolerância, a religião precisa ser privada

3.1.2. o estado: cuida dos bens civis - bens comuns que devem valer para todos. igreja: cuida da salvação das almas

4. VOLTAIRE

4.1. Tolerância: primeira lei natural. Necessária para que os homens possam perdoar.

4.2. Tolerância da disposição do espírito: liberdade de deixar exprimirem suas opiniões mesmo quando não as partilhamos.

5. EDMOND GOBLOT

5.1. Tolerância: proibir-se todos os meios violentos, injuriosos ou dolorosos. Propor as suas opiniões sem impô-las.

6. JOHN STUART

6.1. Utilitarista: melhor = mais útil = aquilo que contribui para a felicidade do maior número de pessoas

6.2. É preciso tolerar a dimensão do indivíduo em que há uma esfera em que ele pode se mover com toda liberdade, sem interferência da sociedade.

7. respeito pelas diferenças dos outros

8. admitir e compreender

9. PROGRESSISTAS E TRADICIONALISTAS

9.1. Progressistas: tolerância = prejudicial sempre; dificulta a busca pela verdade.

9.1.1. tolerância: pluralista - aceitação de todos os valores.

9.2. Tradicionalistas: valor positivo; Contribui para a difusão da violência e do erro;

9.2.1. Seria preciso ser intolerante com quem não respeita os valores básicos.

10. HERBERT MARCUSE

10.1. Tolerância: deve ser total e é indispensável, tanto na religião como na ciência. Porém, não pode ser total quando estiverem em jogo a paz, a liberdade e a felicidade.

11. FRANÇOIS GUIZOT

11.1. Tolerância: tornou possível a coexistência de princípios diversos, gerando o equilíbrio entre eles; Se há um só princípio, gera estagnação; não surge como ação contra a igreja, é fruto do cristianismo.

11.2. sem o cristianismo, a tolerância é impensável.

11.3. tolerância é o equilíbrio entre despotismo e anarquia

12. KARL POPPER

12.1. tolerância: é fundamental; indispensável para a busca da verdade; condição para a liberdade individual; seu ambiente adequado é a sociedade democrática.