Moléculas de adesão CAMs (versão 2)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Moléculas de adesão CAMs (versão 2) por Mind Map: Moléculas de adesão  CAMs (versão 2)

1. Junções celulares (Tema do grupo 4)

1.1. estruturas de junção das células umas às outras e à matriz extracelular.

1.1.1. vedação entre células (zônula oclusiva)

1.1.2. união forte entre células e matriz celular (desmossomo e junções aderentes)

1.1.3. comunicação entre células (nexo, junção comunicante ou gap junction)

2. Como se comportam frente algumas doenças?

2.1. Em células malignas a adesão viaja pela corrente sanguínea ou linfa gerando tumores e metástases

2.2. vírus se ligam a CAMs e penetram na célula

3. Tipos de interações mediadas por CAMs

3.1. Adesão homotípica (entre o mesmo tipo de células);

3.2. Adesão heterotípica (entre células de diferentes tipos);

3.3. Ligação homofílica (mesmo tipo de CAM);

3.4. Ligação heterofílica (diferentes classes de CAMs)

4. Glicoproteínas integrais transmembranas, com uma extremidade na superfície da célula e outra no citoplasma

4.1. Tipos CAMs

4.1.1. Membros da super família das imunoglobulinas

4.1.1.1. Definição

4.1.1.1.1. Atuam no sistema imunitário humoral

4.1.1.1.2. Glicoproteínas do tipo gamaglobulina presentes no sangue

4.1.1.2. Função

4.1.1.2.1. Sistema imunitário

4.1.1.3. Composição

4.1.1.3.1. Domínio com 70-110 aminoácidos

4.1.1.3.2. O monômero Ig tem formato de Y

4.1.1.3.3. Pentaméricos

4.1.1.4. Estrutura

4.1.1.4.1. Proteínas com um ou mais domínios de imunoglobulina

4.1.1.4.2. forma de Y

4.1.1.4.3. Região do ápice hipervariável se liga a antígenos diferentes

4.1.1.5. Como se ligam

4.1.1.5.1. Domínios Globulares com potes dissulfeto

4.1.1.5.2. Não necessitam de cálcio

4.1.1.5.3. No antígeno

4.1.1.6. Como atuam

4.1.1.6.1. A parte específica do anticorpo se liga ao epitopo do antígeno

4.1.1.6.2. O Ac marca o antígeno sinalizando ao sistema imunológico para ser atacado

4.1.1.6.3. Os Ac solúveis são segregados por um linfócito B

4.1.1.7. Tipos

4.1.1.7.1. ICAM (molécula de adesão de célula intercelular)

4.1.1.7.2. VCAM (molécula de adesão de célula vascular)

4.1.1.7.3. C-CAM - Lembram anticorpos - Hepatócitos (fígado)

4.1.1.7.4. Ng-CAM - Neurônios e NeutoGlia

4.1.1.7.5. N-CAM - Adesão Neurônios

4.1.1.7.6. I-CAM - Adesão temporária leucócitos nos vasos sanguíneos em processos inflamatórios

4.1.1.8. Onde se encontram e como atuam

4.1.1.8.1. IgA,

4.1.1.8.2. IgD

4.1.1.8.3. IgE

4.1.1.8.4. IgG

4.1.1.8.5. IgM

4.1.2. N: sistema nervoso, rins e cristalino;

4.1.3. Caderinas

4.1.3.1. Composição

4.1.3.1.1. glicoproteínas transmembranárias

4.1.3.2. Função

4.1.3.2.1. formação/manutenção/integridade tecidos.

4.1.3.2.2. imunidade inicial e recuperação lesões

4.1.3.2.3. adesão célula-célula dos vertebrados.

4.1.3.2.4. regulam a força adesiva e o estado da junção.

4.1.3.2.5. Transmissão informações meio extra celular - citoplasma

4.1.3.3. Superfamília, caderinas clássicas

4.1.3.3.1. E: epitélios;

4.1.3.3.2. P: placenta e epiderme;

4.1.3.3.3. R- caderina (retina).

4.1.3.3.4. L-caderina (fígado)

4.1.3.4. Definição

4.1.3.4.1. Glicoproteínas Transmembranar plasmática responsável pela adesão entre 2 células moléculas de adição de cálcio (2+) para construir os tecidos e órgãos.

4.1.3.5. Como se ligam

4.1.3.5.1. mesmo tipo

4.1.3.5.2. diferentes

4.1.3.5.3. Célula-célula

4.1.3.6. Onde são encontradas

4.1.3.6.1. junções aderentes e desmossomos

4.1.3.7. Nas células embrionárias precoce adulto. Em animais e protistas.

4.1.3.8. Efeito concentração Ca2+

4.1.3.8.1. Normal

4.1.3.8.2. Baixa

4.1.3.9. Tipos

4.1.3.9.1. Atípicas, tipo II ou não tradicional

4.1.3.9.2. Clássicas, tipo I ou caderinas tradicionais.

4.1.3.10. Histórico

4.1.3.10.1. células de camundongos, em 1977. Uvomorulina.

4.1.3.11. Estrutura

4.1.3.11.1. cateninas(sub-unidades)

4.1.4. Selectinas

4.1.4.1. Definição

4.1.4.1.1. Proteínas transmembrana

4.1.4.1.2. Medeiam

4.1.4.2. Função

4.1.4.2.1. Vertebrados

4.1.4.3. Tipos

4.1.4.3.1. Salectina L (leucócitos).

4.1.4.3.2. Selectina P (plaquetas e células endoteliais).

4.1.4.3.3. Selectina E (células endoteliais ativadas).

4.1.4.4. Estrutura

4.1.4.4.1. Moléculas alongadas.

4.1.4.4.2. Quase sempre localizadas no topo das microvilosidades.

4.1.4.5. Como atuam

4.1.4.5.1. Domínio N-terminal semelhante à lectina

4.1.4.5.2. Se ligam

4.1.5. Integrinas

4.1.5.1. Definição

4.1.5.1.1. Grupo de proteínas transmembranas

4.1.5.1.2. Principais receptores celulares para ligação a proteínas da matriz extracelular

4.1.5.1.3. Funcionalidade: após ativação celular (quimiocinas)

4.1.5.2. Tipos

4.1.5.2.1. Diversos (pelo menos 24 no ser humano)

4.1.5.3. Função

4.1.5.3.1. Transmitir sinais através da membrana celular

4.1.5.3.2. Envolvimento na diferenciação celular, migração celular e inflamação

4.1.5.3.3. Medeiam vias de sinalização que influenciam:

4.1.5.4. Estrutura

4.1.5.4.1. Composta por duas subunidades (α e β) de glicoproteínas transmembranares (heterodímeros) que se associam não covalentemente

4.1.5.5. Como atuam

4.1.5.5.1. Domínio Extracelular

4.1.5.5.2. Domínio Intracelular

5. Ilustrações

5.1. Ilustração: Estrutura da subunidade de uma mólecula de integrina ativa, ligando a matriz extracelular ao citoesqueleto de actina. Fonte: Móleculas de adesão, junção celular e matrix extracelular - UFAL - Prof. Nívea Macedo

5.2. Ilustração: Heterodímero - cadeias alfa e beta da integrina. Fonte:https://www2.ibb.unesp.br/departamentos/ Morfologia/material_didatico/Profa_Elisa /matriz_extracelular_100407.PDF

5.3. Ilustração: Caderina e Cateninas: UploadDeImagens.com.br - Caderina_e_Cateninas.jpg

5.4. Ilustração: Tipos de imunoglobulinas UploadDeImagens.com.br - Imunoglobulinas_-_tipos.png

5.5. Ilustração: Estrutura da Selectina. Fonte:https://es.slideshare.net/Xideral/curso-inmunologia06linfocitos-t

5.6. Ilustração:Atuação da Selectina na rolagem de leucócitos durante a inflamação. Fonte:http://biomedicinasurreal.blogspot.com/2016/06/exsudacao-celular.html

5.7. Ilustração: Tipos de Adesão UploadDeImagens.com.br - Os_tipos_de_adesão_molecular.jpg

5.8. Ilustração: Hemidesmossomo. Fonte: Móleculas de adesão, junção celular e matrix extracelular - UFAL - Prof. Nívea Macedo

5.9. ilustração Caderina e Adesão Celular: UploadDeImagens.com.br - Caderina_-_adesão_celular.jpg